sábado, 24 de janeiro de 2009

novos caminhos




















uma nova tela, pequena, de 60 x 70, experimentando novas ideias
esta é uma primeira experiência, realizada para uma colectiva em Abril
mas seguiu já para o catalogo
agora com mais tempo a próxima tela será do mesmo processo, mas
com mais experimentação. Esta foi a jogar pelo seguro....

a new painting, small, 60 x 70, experimenting with new ideas
this is a first experiment, for a collective in April
but has already followed for the catalog
Now with more time the next painting is to follow the same process but
with more experimentation. In this one I was playing it safe ....

une nouvelle peinture, petite, 60x70, j´ai des nouvelles ideées, il s´agit d´une première expérience, faîte pour une expo collective, pour le mois d´avril et présenté dans le catalogue.
Maintenant j´ai plus de temps la prochaine toile sera dans le même processus, mais avec plus d´expérimentation.
Pour celle-ci a été de joué prudent.


3 comentários:

Dalaiama disse...

Espectacular!!!
(como sempre ;p)

Coelho Dyas disse...

Saudações artísticas,a razão desta minha visita ao teu blog deve se ao facto de recentemente ter andado a divagar pelo site da Saatchi Gallery,com o intuito de descobrir artistas portuguesas em que o seu trabalho me agrade particularmente.
O razão deste contacto deve-se ao facto de recentemente ter formado um grupo artistico mais um amigo e de momento andamos à procura de membros para o integrar, deixo aqui o link para o grupo no qual poderás encontrar toda a informaçao a ele associado:

http://thelampgroup.blogspot.com/

Caso existe interesse da tua parte podes contactar através do mail que lá se encontra ou entao visita o meu blog artístico no qual podes encontrar o meu contacto:

http://coelhodyas.blogspot.com/

Se pudesses divulgar o blog do Grupo ficava agradecido.

P.s. peço desculpa pelo longo comentário :)

!namaste!

Casabranca disse...

Gostei muito do trabalho do Telmo, nos pequenos detalhes acima de tudo...
Acho muito adequado a mancha "vermelha" de soldados estar composto na zona superior esquerda, dá um pouco a noção psicológica de ameaça que se obtém com o plano em contra-picado pela relação assimétrica que confere...depois há a leitura da esquerda para a direita que na nossa cultura ocidental tem a ver com o nosso processo de escrita, conferindo a estes soldados a ideia de movimento em frente de invasão de território...o próprio território como um mapa militar ou um pouco a ideia de percurso de video-game ...
Das técnicas já tínhamos falado (o Telmo e eu)e parece-me que é muito interessante a questão da velatura que se obtém com as propriedades da tinta-de-água e o realçar pequenos apontamentos formais confere uma re-sedimentação de planos que aumenta e potencializa a profundidade ao quadro...um aumento de espacialidade em termos de sobreposição de planos...para resumir esta ideia....
Isto já tu sabes...mas assim fica registado, um abraço MCB

25 de Abril Braga

A convite da Associação Juvenil SYnergia fui a Braga nos dias 29, 30, e 31 de Maio fazer um mural para o seu pojecto da história de Braga, B...